Messier Games: Jogos Brasileiros de raiz e inovação

Fala Galera, beleza?

Como falado no ultimo post sobre a BGS, o estande em que mais fiquei no evento foi o estande da Messier Games & Animations e não me arrependo.

Devo novamente elogiar a Messier Games pelo seu estande. No ano passado o estande da Messier era o que se destacava dos demais, por ser maior e bem decorado com o Jogo Kriaturaz em sua alpha, esse ano eles novamente impressionaram trazendo um estande que ocupava o tamanho de uma fileira da área indi, decorado novamente com o tema de cada jogo apresentado e com cosplayers  para apresentar 3 jogos: Kriaturaz, Holy Avenger e Opus Castle e gostaria de falar um pouco sobre esses jogos:

Kriaturaz

kriaturaz-titulo

No ano passado a messier apresentou o Kriaturaz, um jogo que mesclaria batalhas, folclore e cuidar das suas Kriaturaz no estilo pokemon. A alpha apresentada era um jogo bem simples e dinâmico, fiquei super interessado e me inscrevi para testar a beta. Pra minha surpresa o jogo mudou bastante, a forma de explorar o cenário e as batalhas foram modificadas, e na segunda fase da beta isso complicou um pouco, estava difícil guiar o personagem pela tela do smartphone, o jogo havia perdido o dinamismo, até que eles apresentaram a nova demo na BGS 2016.

Aprovado pela Greenlight da Steam, Kriaturaz agora irá utilizar o celular ou tablet para cuidar remotamente das suas kriaturaz, como um bichinho virtual, e toda exploração de cenário e batalhas será feito no PC, os comandos que estavam complicados no celular funcionaram perfeitamente no PC, com batalhas simples contra minions e batalhas por turno com menus para inimigos mais elaborados, a jogabilidade ficou muito mais agradável e pelo PC podemos ver melhor os modelos do jogo e sua releitura dos personagens do nosso folclore que estão com uma arte incrível. O jogo ainda não tem data de lançamento definida.

 

Holy Avenger

holyavenger-titulo

Quem jogava RPG no inicio dos anos 2000 lembra da revista Dragão Brasil, o sistema de RPG Tormenta 3D&T e possivelmente do mangá Holy Avenger, mangá 100% brasileiro ambientado no mundo de Tormenta, com roteiro de Marcelo Cassaro e Arte de Erica Awano. Para quem sempre quis jogar Tormenta em video-game, foi lançado Tormenta: Desafio dos Deuses, mas era um jogo que homenageava o RPG, até então o mangá nunca ganhou outras midias, fora um audio drama piloto.

Eis que a Messier está produzindo o jogo oficial de Holy Avenger, também aceito no greenlight, será um beat’n up onde poderá jogar com os quatro personagens principais da história, a Demo da BGS foi muito divertida apesar de ter controles simples. O que me surpreendeu foi que a animação estava melhor do que eu esperava, quando vi o trailer da Greenlight temi que o jogo fosse muito travado e lento, a Beta apresentada não é a mais fluida de todas, porém muito mais do que eu esperava, joguei em dupla e foi uma experiencia muito divertida, agora é só aguardar o progresso desse jogo até seu lançamento.

Apesar do jogo ainda estar em Beta era possível adquirir uma chave do game no estande. O jogo foi aprovado pelo Greenlight da Steam e ainda não tem data de lançamento.

 

Opus Castle

opuscastle-titulo

Esse jogo realmente me surpreendeu. Opus Castle é um jogo de terror em VR que está sendo desenvolvido para o HTC Vive pela Messier com Alunos e Professores do curso de Games da FIAP, foi a primeira vez que joguei em um HTC e posso dizer que valeu as 4 horas de fila que eu esperei (sim, fiquei quatro horas esperando), a experiência tem em média 5 minutos fora as instruções de jogo e higienização do aparelho, havia muitas pessoas querendo testar.

A demo se passa basicamente em uma sala e um corredor, você está nesse lugar assustador apenas com uma lanterna e inicia o jogo ao lado de um cadáver com um revolver. A experiencia foi incrível tanto pelo visual quanto pela gameplay, todos os objetos modelados estavam muito bem feitos, as texturas escolhidas davam realmente uma impressão de que era real, talvez não o cadáver, mas o cenário e os objetos eram muito reais. A jogabilidade com o HTC te obriga a usar as duas mãos, uma para usar a lanterna e outra para acionar comandos e/ou utilizar a arma, o fato de se movimentar e ter a resposta imediata deixa muito mais imersivo, fora a atmosfera sombria e os sons bem mapeados. Espero poder jogar novamente Opus Castle quando ele estiver finalizado, pois promete ser muito mais realista do que a Demo pode mostrar.

 

Fora os jogos principais do estande, a Messier ainda emprestava tablets para que os visitantes que estavam nas filas longas pudessem verificar os jogos mobile desenvolvidos por ela em parceria com a CruelByte, haviam diversos jogos simples e ao mesmo tempo divertidos e casuais, desses os que mais me chamaram a atenção foram “Frog High” e “Sky Blaze“, assim o estúdio se preocupava em não desanimar o visitante e fazer sua propaganda ao mesmo tempo.

Acredito que podemos esperar sem medo para conferir os jogos que serão lançados pela Messier, o estudio está em crescimento e a cada atualização sobre os jogos, percebemos a melhora e o empenho dos envolvidos.

Aproveitei a ida ao estande e tirei uma foto com Raphael Pen, ilustrador da Messier que está fazendo as artes do jogo Kriaturaz, acompanho um pouco do trabalho dele desde a BGS de 2015 e não pude perder a chance de prestigiá-lo por essa releitura dos personagens, fugindo do infantil ao qual estamos acostumados e ganhando tons mais heroicos.

Raphael Pen, Ilustrador e Character Design

E você, já conferiu o trabalho da Messier? Deixe seu comentário e compartilhe sua opinião.

 

 

 

mm

Formado em Administração de Empresas, atualmente cursando pós-graduação em jogos digitais, geek, casual gamer, leitor de livros e graphic novels, entusiasta de novas tecnologias de interação e cultivador de projetos inacabados

mm

Alado (Camargo)

Formado em Administração de Empresas, atualmente cursando pós-graduação em jogos digitais, geek, casual gamer, leitor de livros e graphic novels, entusiasta de novas tecnologias de interação e cultivador de projetos inacabados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *