Bienal do Livro SP 2016

Fala galera, apaixonados por livros, quadrinhos e jogos

Dessa vez venho falar de mais um evento que está ocorrendo em São Paulo, a 24ª Bienal do Livro.

Lembro até hoje da primeira Bienal em que fui, em 2012, fui com amigos e colegas de trabalho para ver o Eduardo Sphor e Fabio Yabu (já falei um pouco disso aqui), nesse dia fiz amizades que duram até hoje, conheci um grupo de Renegados que viria a se tornar um Podcast e descobri todo um universo que havia para minha segunda paixão, a leitura.

Bienal de 2012, Eduardo Sphor lançando Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida e Fábio Yabu lançando Branca dos Mortos e os Setes Zumbis
Bienal de 2012, Eduardo Sphor lançando Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida e Fábio Yabu lançando Branca dos Mortos e os Setes Zumbis

Dois anos depois, lá estava eu de novo, dessa vez com meus irmãos, fomos junto a alguns podcasts novamente ver o Sphor, aproveitei também pra ver de perto Affonso Solano que na época havia acabado de lançar O Espadachim de Carvão e estava no estande da Ed. Leya para divulgar o livro vencedor de um concurso do selo Fantasy com temática SteamPunk.

No ano seguinte em 2015, fui para o Rio de Janeiro e na companhia da Tatiane e do Rodrigo do Odin com Pimenta fomos em dois dias da Bienal do Livro RJ, um dia para compras e explorar os estandes, outro para ver novamente o Eduardo Sphor, que estava a lançar o ultimo livro da trilogia Filhos do Éden: Paraíso Perdido.

Autógrafos com Eduardo Sphor na Bienal do Rio de Janeiro em 2015, com o pessoal do Odin com Pimenta
Autógrafos com Eduardo Sphor na Bienal do Rio de Janeiro em 2015, com o pessoal do Odin com Pimenta

Agora em 2016 fiz diferente, fui no primeiro fim de semana da Bienal, pro meu azar Eduardo Sphor irá comparecer no ultimo final de semana, com noticias e brindes sobre seu guia ilustrado e RPG que sairá no final do ano. Esse ano fui sem olhar a programação, sem pegar senhas pela internet, queria me surpreender.

Primeiramente eu fiquei impressionado com a quantidade de Booktubers que estavam lá, desde canais grandes aos pequenos. Graças a Edi do canal É tão Livro eu pude conhecer mais dessa esfera do youtube brasileiro, e graças a ela também conheci a Samantha do canal Prosas de Menina, no qual facilmente fiz amizade por termos gosto por um autor em comum, André Viancco.

A esquerda Edi do canal É tão Livro, a direita Samantha do canal Prosas de Menina
A esquerda Edi do canal É tão Livro, a direita Samantha do canal Prosas de Menina

A bienal tem atrações pra todos os gostos, estandes muito bem decorados, com diversos livros a partir de R$5,00, muitos lançamentos e algumas promoções que realmente valem a pena, mas é sempre bom dar uma garimpada antes de sair gastando como se não houvesse amanhã (não que esse fosse o meu caso, imagina). As editoras menores são as que te dão os melhores descontos, um exemplo é a Editora Dracco, que me chamou a atenção na Bienal do Rio, ela publica obras de vários autores nacionais não muito conhecidos, mas com muita qualidade em seu conteúdo, além de diversas Graphic Novels nacionais, os produtos estão com preço de mercado, porém é possível conseguir até 40% de desconto em sua compra e ainda ganhar brindes. Outra editora, mais conhecida pelo publico que jogava RPG no inicio dos anos 2000, é a Jambo que trás suas obras ambientadas no universo de Tormenta RPG, fora os livros do jogo, infelizmente os descontos não estão muito bons, mas eles parcelam sua compra em cinco vezes, o que já ajuda um pouco na hora de pensar em comprar.

Salão de Ideias, uma das atrações da Bienal com parceria do Sesc
Salão de Ideias, uma das atrações da Bienal com parceria do Sesc

Existem várias oficinas e bate papos ocorrendo dentro do evento, como o cozinhando com palavras e uma área para Blogueiros, mas com toda certeza o que chama muito dos visitantes são os autores que vão a bienal para ter um contato maior com os fãs e alguns para lançarem oficialmente seus novos livros. Tive a sorte de assistir uma entrevista com o André Viancco no estande da Submarino, falando sobre sua carreira e rotina como escritor e sobre relançamento do seu best seller Os Sete, agora pela editora Aleph.

André Viancco durante sua entrevista no estande da Submarino
André Viancco durante sua entrevista no estande da Submarino

Para quem gosta de postar fotos nas suas redes sociais alguns estandes tem locais decorados para esse propósito, além das fotos tematizadas há uma amostra sobre O Pequeno Príncipe, trazendo o livro em diversas linguas, suas adaptações e objetos que remetem a obra.

Alguns dos livros de O Pequeno príncipe em edições e línguas diferentes
Alguns dos livros de O Pequeno príncipe em edições e línguas diferentes
Livro com uma das clássicas frases da Rosa em O pequeno Principe
Livro com uma das clássicas frases da Rosa em O pequeno Principe
Bonecos e outros produtos baseados no livro
Bonecos e outros produtos baseados no livro
Icônico avião que faz referencia a um dos personagens
Icônico avião que faz referencia a um dos personagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que a melhor dica que posso dar é referente a alimentação, quem está acostumado a ir a eventos assim já se prepara pois sabe que o valor médio de um combo simples é R$30,00, claro que existem comidas mais baratas, mas ainda assim acima do preço habitual, muitos visitantes levam seu próprio alimento comprando apenas água e outras bebidas, para tomar ainda gelado.

Se você vai a bienal do livro, seja para comprar, ver as novidades ou conhecer seu autor favorito, pode ter certeza que não irá se arrepender, e se for acompanhado por um amigo a experiencia fica ainda melhor, em toda bienal conheço pessoas novas, e essas novas amizades com interesses em comum se estendem para além da Bienal. Eu não levo apenas livros e quadrinhos, levo também lembranças e amizades comigo.

 

Submarino
Submarino
Editora Leya
Editora Leya

A Bienal do Livro de São Paulo acontece até o dia 04/09/2016, no pavilhão do Anhembi, tem transporte gratuito pelas estações Tietê e Barra Funda e os ingressos podem ser comprados pelo site ou diretamente na bilheteria local.

 

Já foi a uma bienal do livro? Irá esse ano? conte suas experiencias e expectativas nos comentários.

Até a próxima.

mm

Formado em Administração de Empresas, atualmente cursando pós-graduação em jogos digitais, geek, casual gamer, leitor de livros e graphic novels, entusiasta de novas tecnologias de interação e cultivador de projetos inacabados

mm

Alado (Camargo)

Formado em Administração de Empresas, atualmente cursando pós-graduação em jogos digitais, geek, casual gamer, leitor de livros e graphic novels, entusiasta de novas tecnologias de interação e cultivador de projetos inacabados

Comment on “Bienal do Livro SP 2016”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *